Drum e caminho em frasemas em romeno e português

Abstract: (Drum and caminho in Romanian and Portuguese phrasemes) Each journey has its path. Having this in mind, the aim of our article is to analyze how drum and caminho, words which describe the path in Romanian and Portuguese, function when integrated in set phrases or phrasemes. Although the two languages are genetically related, the words that define the path have different origins – drum comes from the Slavic word drumŭ, while caminho has its origin in the Vulgar Latin word cammīnu-. Having this as a starting point, our paper aims to explore how the two languages work when constructing phraseological units that include the two words, highlighting the differences and the similarities. Being constructed with words that have referents with concrete representations, the set phrases that include drum and caminho describe (mental) images which can correspond to different conceptual representations (Gibbs, O’Brien 1990). Thus, from a cognitive perspective, based on Lakoff and Johnson’s metaphor theory (1980 / 2003), we will establish which are the conceptual metaphors that govern the field of the path in the Romanian and Portuguese phrasemes. In order to identify the expressions and establish their meanings, we have used explicative dictionaries, as well as phraseological ones, both monolingual and bilingual. Based on the online corpora available for each language, we have gathered a corpus of contexts, so as to have a clearer view on the usage of the phrasemes.

Keywords: path, phrasemes, Romanian, Portuguese, comparative phraseology

Resumo: Cada viagem tem o seu caminho. A partir desta observação, o objetivo do nosso artigo é analisar como drum e caminho, palavras que se referem ao caminho em romeno e português, funcionam quando integradas em frases feitas ou frasemas. Embora as duas línguas sejam geneticamente relacionadas, as palavras que definem o caminho têm origens diferentes – drum vem da palavra eslava drumŭ, enquanto caminho tem origem na palavra cammīnu- do latim vulgar. Tendo isso como ponto de partida, o nosso trabalho tem como objetivo explorar como as duas línguas operam ao construir unidades fraseológicas que incluem as duas palavras, destacando as diferenças e as semelhanças. Sendo construídas com palavras que têm referentes com representações concretas, as frases feitas que incluem drum e caminho recorrem a imagens (mentais) que podem corresponder a diferentes representações conceituais (Gibbs, O’Brien, 1990, Gibbs et al., 1997). Portanto, a partir de uma perspetiva cognitiva, baseada na teoria da metáfora de Lakoff e Johnson (1980 / 2003), estabeleceremos como funcionam as metáforas conceituais na compreensão dos frasemas com drum e caminho nas duas línguas românicas. A fim de identificar as expressões e estabelecer os significados que têm, temos utilizado dicionários explicativos, bem como fraseológicos, tanto monolingues, como também bilíngues. Com base nos corpora online disponíveis para cada idioma, reunimos um corpus de contextos, de modo a ter uma perspetiva mais clara sobre o uso dos frasemas.

Palavras-chave: caminho, frasema, romeno, português, fraseologia comparativa.